Responsabilidade socioambiental


·         Conceito
   Apesar de ser um termo bastante utilizado, é comum observarmos erros na conceitução de responsabilidade socioambiental, ou seja, se uma empresa apenas segue as normas e leis de seu setor no que tange ao meio ambiente e a sociedade esta ação não pode ser considerada responsabilidade socioambiental, neste caso ela estaria apenas exercendo seu papel de pessoa jurídica cumprindo as leis que lhe são impostas.
O movimento em prol da responsabilidade socioambiental ganhou forte impulso e organização no início da década de 1990, em decorrência dos resultados da Primeira e Segunda Conferências Mundiais da Indústria sobre gerenciamento ambiental, ocorridas em 1984 e 1991.


·         Parâmetros
     Nos anos subsequentes às conferências surgiram movimentos cobrando por mudanças socias, científicas e tecnológicas. Muitas empresas iniciaram uma nova postura em relação ao meio ambiente refletidas em importantes decisões e estratégias práticas, segundo o autor Melo Neto (2001) tal postura fundamentou-se nos seguintes parâmetros.

  •        Bom relacionamento com a comunidade;  
  •       Bom relacionamento com os organismos ambientais;
  •        Estabelecimento de uma política ambiental;
  •        Eficiente sistema de gestão ambiental;
  •      Garantia de segurança dos empregados e das comunidades vizinhas;
  •         Uso de tecnologia limpa,
  •        Elevados investimentos em proteção ambiental;
  •       Definição de um compromisso ambiental;
  •    Associação das ações ambientais com os princípios estabelecidos na carta para o desenvolvimento sustentável;
  •         A questão ambiental como valor do negócio;
  •       Atuação ambiental com base na agenda 21 local;
  •  Contribuição para o desenvolvimento sustentável dos municípios circunvizinhos.




·         Adesão
Atualmente, muitas empresas enxergam a responsabilidade socioambiental
como um grande negócio, são duas vertentes que se destacam neste meio:
    ·         Primeiramente, as empresas que investem em responsabilidade sócio-ambiental com intuito de motivar seus colaboradores e principalmente ao nicho de mercado que preferem pagar mais por um produto que não viola o meio ambiente e investe em ações sociais;
   ·         A segunda vertente corresponde a empresas que investem em responsabilidade sócio-ambiental com o objetivo de ter materiais para poderem investir em marketing e passar a imagem que a empresa é responsável sócio-ambientalmente. Esta atitude não é considerada ética por muito autores que condenam empresas que tentam passar a imagem de serem éticas, porém na realidade estão preocupadas apenas com sua imagem perante aos consumidores.
      Apesar de ser um tema relativamente novo, o número de empresas que estão aderindo a responsabilidade sócio-ambiental é grande e a tendência é que este número aumente cada dia mais.

Reações: 

0 Response to "Responsabilidade socioambiental"

Postar um comentário